Operação STOP… à celulite!

Nada melhor do que terminar o dia com uma boa mesa, boa companhia e um bom copo de vinho!

Um copo de vinho, tinto de preferência, fluidifica o sangue, melhora os processos cognitivos e promove a libertação de endorfina o que nos transporta para um estado de relaxamento e bem estar.

Os problemas surgem quando se passa os limites e o copo transborda.

As bebidas alcoólicas quando consumidas em exagero, são de facto,umas das maiores causas do agravamento da celulite.

Em excesso o consumo do bendito elixir vira ameaça.

Ele prejudica a circulação sanguínea, promove a retenção de líquidos e é automaticamente transformado em gordura pelo fígado. Consequência? Acumulação de depósitos de gordura em zonas localizadas, formação de  e agravamento das temidas celulites  e do seu aspecto casca de laranja. 

Outro factor danoso para o organismo é que o álcool em doses excessivas dá origem ao aumento de radicais livres.

Esses radicais livres são moléculas instáveis que oxidam e danificam as células, além de prejudicarem o trabalho de absorção de nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo.

O abuso do álcool acaba por trazer vários problemas, inclusive  carências em vitaminas e minerais.

Logo, o ideal seria aproveitar os benefícios deixando de lado os prejuízos.

Aliar ao copo de vinho que se degusta por prazer um grande e belo copo de água que vai bebendo para matar a sede, já é uma alternativa usada por muitos e muito acertada.

Reduzem o consumo de álcool, aumentando o consumo de água que por sua vez…faz milagres !  

Ela é perita em eliminar toxinas através da urina e apenas são necessários dois litros de água por dia para manter o corpo saudável por dentro e por fora…

Portanto, um copo de vinho tinto e dez copos de água por dia , com bónus de uma caipirinha para  beber no fim de semana com os amigos parece a fórmula perfeita para dizer STOP á celulite ! 

Por isso se bufar, que não seja ao balão, mas de alívio…bye,bye, celulite!

stop-celulite

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *